Conheça o Livro Impresso GRAMÁTICA SIMPLIFICADA 📖

Quero Conhecer!

Questões Língua Portuguesa FEPESE Prefeitura Municipal de Itajaí Concurso Público Edital 001 2019

BAIXE AGORA MESMO UM E-BOOK COM 30 DICAS E MACETES DE PORTUGUÊS!

📲 Cadastre Seu E-mail Para Receber o E-book em PDF

Compartilhe com seus amigos:

Leia o poema abaixo e responda às questões 1, 2 e 3.

Recordo ainda…

Recordo ainda… E nada mais me importa
Aqueles dias de uma luz tão mansa
Que me deixavam, sempre de lembrança,
Algum brinquedo novo à minha porta…
Mas veio um vento de desesperança
Soprando cinzas pela noite morta!
E eu pendurei na galharia torta
Todos os meus brinquedos de criança…
Estrada afora após segui… Mas ai,
Embora idade e senso que aparente,
Não vos iluda o velho que aqui vai:
Eu quero meus brinquedos novamente!
Sou um pobre menino… acreditai…
Que envelheceu, um dia, de repente!…
QUINTANA, Mário. Poesias. Porto Alegre: Globo, 1962.

QUESTÃO 1)

Analise as afirmativas abaixo:

  1. O poema traz uma mensagem nostálgica.
  2. O poema nega toda uma existência.
  3. No 12o verso do poema (12a linha) o poeta afirma seu desejo de voltar aos tempos de menino.
  4. O sétimo verso (7a linha) mostra a tranquilidade com que o poeta passou a sua infância.
  5. O poeta mostra-se um velho com alma de menino.

Assinale a alternativa que indica todas as afirmativas
corretas.

a. São corretas apenas as afirmativas 2 e 4.
b. São corretas apenas as afirmativas 4 e 5.
c. São corretas apenas as afirmativas 1, 2 e 3.
d. São corretas apenas as afirmativas 1, 3 e 5.
e. São corretas apenas as afirmativas 3, 4 e 5.

QUESTÃO 2)

Identifique abaixo as afirmativas verdadeiras ( V ) e as falsas ( F ).


( ) No texto há uma interjeição que denota um sentimento de pesar.
( ) O receptor (leitor) do poema é tratado com a segunda pessoa do plural.
( ) A palavra sublinhada do último verso retoma a expressão “um velho menino”.
( ) O quarto verso (4ª linha) constitui-se, sintaticamente, de um objeto indireto e um adjunto adverbial.
( ) A expressão “um dia” entre vírgulas tem função explicativa; é, pois, um aposto.


Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta de cima para baixo.


a. V • V • V • F • F
b. V • V • F • F • V
c. V • F • V • F • F
d. F • V • F • V • V
e. F • F • V • V • V

QUESTÃO 3)

Assinale a alternativa correta, considerando a coesão textual.


a. Há duas vezes o uso do elemento conector “mas”. Em ambos os usos ele traz a ideia de conclusão.
b. O quinto verso (5a linha) indica uma contradição em relação ao quarto verso (4a linha).
c. O décimo verso (10a linha) denota uma ideia de tempo acrescida ao que vinha sendo dito.
d. O primeiro verso (1a linha) é um período composto em que a segunda oração une-se à primeira com uma relação de alternância.
e. O sétimo verso (7a linha) relaciona-se com o verso imediatamente anterior e acrescenta uma ideia de explicação.

QUESTÃO 4)

Leia a charge

Assinale a alternativa correta.


a. A expressão “Charlie Brown” é aposto.
b. A palavra “quem” do último quadrinho é um pronome relativo em uma pergunta indireta.
c. No segundo quadrinho, a palavra “não” tem classificações morfológicas diferentes, já que suas funções sintáticas também são opostas nas duas vezes em que aparece.
d. A fala do último quadrinho revela uma reação inexplicável e espantada de Charlie Brown por seu desapontamento com a atitude da menina.
e. No terceiro quadrinho, a fala da menina indica uma condição estabelecida antes da oração principal.

QUESTÃO 5)

Assinale a alternativa em que o elemento coesivo estabelece a necessária coesão entre as orações.


a. Seja o que quiser para mim contanto que seja o meu amor.
b. As casas foram pintadas de azul, mas os pedreiros estão almoçando.
c. A água da piscina parece limpa, entretanto foi tratada com cloro.
d. A vista que tenho da casa é agradável, por outro lado o campo é verdejante.
e. É falsa a notícia que o cigarro é prejudicial à saúde haja vista meu avô ter morrido de câncer por fumar muito.

QUESTÃO 6)

Considerando o uso dos verbos, complete as lacunas das frases.

  1. Nós havíamos a encomenda. (entregar)
  2. O piso foi por mim mesmo. (enxugar)
  3. Eu muito no verão. (suar)
  4. Se tu o fulano, diga a ele que quero lhe falar. (ver)
  5. para mim, quero ouvir tua voz. (cantar)

Assinale a alternativa que completa corretamente as lacunas do texto.

a. entregue • enxugado • suo • veres • cante

b. entregue • enxuto • suo • veres • cante

c. entregado • enxuto • suo • vires • canta

d. entregado • enxuto • soo • vires • canta

e. entregado • enxugado • sôo • veres • cante

QUESTÃO 7)

Leia o texto.

Eu era muito pequeno e só de olhar para cima perdia o fôlego. Eu disse isso ao homem, mas ele riu e respondeu que eu não estava com medo nenhum, eu estava era imitando os outros. E antes que eu falasse qualquer coisa ele pegou um balde cheio de pedrinhas e jogou para mim.
José J. Veiga


Assinale a alternativa correta.

a. O sujeito “um balde” está oculto. E refere-se ao verbo “jogar”.
b. A expressão “muito pequeno” é formada por um advérbio e um substantivo.
c. A oração sublinhada pode ser entendida como complemento do verbo “responder”; é, pois, adverbial objetiva direta.
d. Os verbos “falar” e “dizer” no texto vêm explicitamente seguidos de objeto direto e complemento nominal.
e. Em “… e só de olhar para cima perdia o fôlego”, e expressão sublinhada tem a mesma função sintática de “os outros” em: “… eu estava era imitando os outros”.

QUESTÃO 8)

Leia o poema “Quadrilha” de Carlos Drummond de Andrade.

João amava Teresa que amava Raimundo que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili que não amava ninguém. João foi pra os Estados Unidos, Teresa para o convento, Raimundo morreu de desastre, Maria ficou para tia, Joaquim suicidou-se e Lili casou com J. Pinto Fernandes que não tinha entrado na história.


Analise as afirmativas abaixo:

  1. No verso “que não amava ninguém”, em uma análise morfológica temos: pronome, advérbio, verbo, adjetivo.
  2. A palavra sublinhada no primeiro verso é objeto direto da primeira oração e sujeito da segunda. Nesse último caso, para efeitos de coesão textual, foi substituída por “que”.
  3. Em “Raimundo morreu de desastre”, a estrutura frasal tem ordem direta e apresenta: sujeito + predicado. O predicado forma-se com: verbo + adjunto adverbial.
  4. O título do poema certamente foi aleatório, já que não encontra justificativa ao longo do poema.
  5. As expressões “para o convento”, “de desastre” e “na história” possuem, na palavra sublinhada, a mesma classificação morfológica e desempenham a mesma função sintática.

Assinale a alternativa que apresenta as afirmações verdadeiras.

a. São corretas apenas as afirmativas 1 e 4.

b. São corretas apenas as afirmativas 4 e 5.

c. São corretas apenas as afirmativas 1, 2 e 3.

d. São corretas apenas as afirmativas 2, 3 e 5.

e. São corretas apenas as afirmativas 3, 4 e 5.

QUESTÃO 9)

Leia as frases abaixo.


I. E ela se formou no mesmo mês em que ele passou no vestibular.(Renato Russo)
II. Só tenho medo da minha esperança, que não me ama. (Macalé e Capinan)
III. Minha terra tem palmeiras onde canta o sabiá. (Gonçalves Dias)
IV. As criaturas que me serviram durante anos eram bichos. (Graciliano Ramos)
V. Meu coração tropical está coberto de neve, mas ferve em seu cofre gelado. (João Bosco e Aldir Blanc)

Analise as afirmativas abaixo:

  1. Todas as frases são períodos compostos por coordenação, em que a 2a oração esclarece o sentido da oração principal.
  2. Todas as frases têm como elemento coesivo um pronome relativo.
  3. A palavra “que” em “IV” exerce a função sintática de sujeito, já que retoma o termo “as criaturas”.
  4. O termo sublinhado em “V” é um adjunto adverbial.
  5. A vírgula usada em “II” é optativa e não altera a semântica do período composto.

Assinale a alternativa que indica todas as afirmativas corretas.


a. São corretas apenas as afirmativas 1 e 2.
b. São corretas apenas as afirmativas 2 e 5.
c. São corretas apenas as afirmativas 3 e 4.
d. São corretas apenas as afirmativas 1, 2 e 3.
e. São corretas apenas as afirmativas 3, 4 e 5.

QUESTÃO 10)

Leia a anedota.

— Mamãe, o que você quer de presente de aniversário?
— Eu queria… uma menina muito bem-comportada.
— Xi, vou ganhar uma irmãzinha …
Fabrice Lelarge

Analise as afirmativas abaixo:

  1. Na última fala da menina, a autora quis trazer a carga humorística da piada.
  2. Pela fala da mãe, infere-se que a menina era circunspecta e, por isso, a mãe quis dar a ela um recado para continuar assim.
  3. Pela resposta da filha infere-se que ela não pretende mudar seu comportamento.
  4. O termo “mamãe” exerce a função sintática de vocativo.
  5. Se a mãe, em sua resposta, tivesse usado o pretérito mais-que-perfeito sua resposta teria mais assertividade.

Assinale a alternativa que indica todas as afirmativas corretas.

a. São corretas apenas as afirmativas 1 e 5.

b. São corretas apenas as afirmativas 2 e 3.

c. São corretas apenas as afirmativas 4 e 5.

d. São corretas apenas as afirmativas 1, 3 e 4.

e. São corretas apenas as afirmativas 2, 3 e 4.

GABARITO

  1. d

2. ANULADA

3. b O gabarito diz ser a Letra B. Mas… o 5 verso (Mas veio um vento de desesperança) não indica contradição alguma ao 4 verso (Algum brinquedo novo à minha porta) Ou seja, não imprime a ideia de CONTRARIEDADE. A palavra “mas” pode ser tanto um substantivo, advérbio ou conjunção. O uso mais comum é como conjunção coordenativa de adversidade, isso significa que é uma conjunção que liga duas orações que tem um sentido semântico equivalente em um sentido de oposição ou adversidade. Na minha opinião, o MAS nessa questão dá uma ideia de ADVERSIDADE.

4. e

5. a

6. c

7. e

A) O sujeito “um balde” está oculto. E refere-se ao verbo “jogar”. ERRADO. O sujeito é “Ele” e “um balde” é Objeto Direto.

B) A expressão “muito pequeno” é formada por um advérbio e um substantivo. ERRADO. A palavra “muito” é Advérbio e a “pequeno” é Adjetivo.

C) A oração sublinhada pode ser entendida como complemento do verbo “responder”; é, pois, adverbial objetiva direta. ERRADO. A oração sublinhada em (ele riu e respondeu que eu não estava com medo nenhum) é Oração Subordinada Substantiva Objetiva Direta porque completa o verbo transitivo direto “respondeu”. A conjunção “que” está ligada ao verbo “respondeu”.

D) Os verbos “falar” e “dizer” no texto vêm explicitamente seguidos de objeto direto e complemento nominal. ERRADO. O verbo “falar” em (E antes que eu falasse qualquer coisa) e o verbo “dizer” em (Eu disse isso ao homem) são ambos Objeto Direto.

E) Em “… e só de olhar para cima perdia o fôlego”, a expressão sublinhada tem a mesma função sintática de “os outros” em: “… eu estava era imitando os outros”. CERTO. A função sintática é de Objeto Direto. Tanto “perdia” quanto “imitando” indicam ação e não há preposição.

8. d

9. d

Analisando as afirmativas:

1. Todas as frases são períodos compostos por coordenação, em que a 2ª oração esclarece o sentido da oração principal. Errado. Em I (E ela se formou no mesmo mês em que ele passou no vestibular) não é período composto por coordenação, mas sim uma Oração Subordinada Adjetiva (não troca pelo “isso”.

2. Todas as frases têm como elemento coesivo um pronome relativo. Errado. Em V (Meu coração tropical está coberto de neve, mas ferve em seu cofre gelado) não há pronome relativo. O elemento coesivo é o “mas” que é uma Conjunção Adversativa.

3. A palavra “que” em “IV” exerce a função sintática de sujeito, já que retoma o termo “as criaturas”. Correto. Em IV (As criaturas que me serviram durante anos eram bichos) o “que” quando é pronome relativo retoma algo já dito antes.

4. O termo sublinhado em “V” é um adjunto adverbial. Correto. Em V (Meu coração tropical está coberto de neve, mas ferve em seu cofre gelado) o termo sublinhado é Adjunto Adverbial de Lugar.

5. A vírgula usada em “II” é optativa e não altera a semântica do período composto. Errado. Em II (Só tenho medo da minha esperança, que não me ama) a vírgula é obrigatória. Sua ausência altera tanto a função sintática (disposição das palavras na frase) quanto a semântica (sentido). Com vírgula é Oração Subordinada Adjetiva Explicativa. Sem vírgula é Oração Subordinada Adjetiva Restritiva

10. d

Compartilhe com seus amigos:

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta


*


*


Seja o primeiro a comentar!

BAIXE AGORA MESMO UM E-BOOK COM 30 DICAS E MACETES DE PORTUGUÊS!

📲 Cadastre Seu E-mail Para Receber o E-book em PDF